Menu topo

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social [Sesed] por meio das Polícias Militar e Civil detiveram, em Santa Cruz, na noite deste sábado [30], seis pessoas, sendo um adulto e cinco adolescentes. O grupo foi detido no momento em que se preparava para atear fogo em um prédio público da cidade. Com eles, a PM apreendeu duas armas de fabricação caseira, facas e recipientes contendo combustíveis [coqueteis molotovs]. Todos foram conduzidos à 9ª Delegacia Regional de Santa Cruz [9ª DRPC] para devidas autuações. Com estas ações, sobe para 44 o número de suspeitos presos e apreendidos com envolvimento em ocorrências relacionadas a transportes e prédios públicos na Região Metropolitana de Natal e no interior.

Na zona Norte de Natal, os policiais do 4º Batalhão de Polícia Militar [4º BPM] frustraram uma tentativa de explosão a agência bancária, na avenida Tomaz Landim. A ação delituosa não teve êxito graças a chegada rápida da Polícia no local. Um artefato explosivo foi implodido pelo Batalhão de Operações Especiais [BOPE].

Os outros suspeitos, conduzidos para averiguação, foram detidos em Monte Alegre, Macaíba, Parnamirim, Parelhas, Santa Cruz e Natal. Com eles a PM apreendeu motos roubadas, arma e recipientes de combustíveis. Todos os detidos estão sendo apresentados à Polícia Civil que está realizando os procedimentos necessários para elucidar cada caso.

Até o momento 40 ocorrências foram registradas sendo 35 relacionadas a incêndios e tentativas de incêndios, quatro de disparos contra prédios públicos ou proximidades e uma depredação. Foram confirmadas ações criminosas em onze cidades do estado: Natal, Parnamirim, Macaíba, São José de Mipibú, Caicó, Currais Novos, Caiçara do Norte, Santa Cruz, Mossoró, João Camara e Jardim de Piranhas.

Sobre o Autor:

Estudou em escola pública de Barreiras, Escola Municipal Alferes Cassiano Martins [Macau] e na Escola Estadual winston churchill [Natal], formado em Ciências Econômicas e pós-graduado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, funcionário público.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Fechar