Menu topo

Ao contrário do que pensam que o mandato conquistado em outubro último, poderá ser prorrogado por mais dois anos, um ledo engano vivem os eleitos. Há sim uma chance de prorrogação de mandatos para dois anos, mas não para os eleitos nas últimas eleições municipais, ma para os eleitos de 2014. Está prorrogação beneficiaria os governadores, deputados federais e estaduais, além de senadores e o presidente Michel Temer que passariam a ter mais dois anos pela frente, tendo eleições em 2020.

Mais o clima clima político que vive o pais, não favorece a esta “arrumação”.

Como argumentos favoráveis teríamos a crise financeira que passa toda nação brasileira.

Assim, haveria a unificação das eleições, tantas vezes sugeridas por analistas e políticos.

Mais… um problema é o tão comentado “golpe” que afastou a presidente eleita e empossou seu vice-presidente.

Sobre o Autor:

Estudou em escola pública de Barreiras, Escola Municipal Alferes Cassiano Martins [Macau] e na Escola Estadual winston churchill [Natal], formado em Ciências Econômicas e pós-graduado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, funcionário público.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Fechar