Menu topo

caleroA gravação feita pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero de uma conversa com o presidente Michel Temer mostra um diálogo protocolar com o peemedebista, em que Temer aceita a demissão de Calero. O conteúdo da gravação, entregue pela Polícia Federal ao Supremo Tribunal Federal – STF, nesta terça-feira, 29, foi divulgado hoje pela GloboNews.

“Eu fiz uma reflexão muito grande de ontem para hoje e agradeço muito por o… por o senhor ter insistido, mas eu realmente quero pedir minha demissão e quero que o senhor aceite, por gentileza, porque eu não me vejo mais com… com condições e espaço de estar no governo”, disse Marcelo Calero a Michel Temer.

O presidente respondeu que “tudo bem. Se você não… se é sua decisão, viu, ô Calero, tem que respeitar. Ontem acho que até fui um pouco inconveniente, né? Insistindo muito para você… pra você permanecer é… confesso que não vejo razão para isso mas você terá as suas razões”. O ex-ministro da Cultura diz, então, “sem dúvida”.

Calero também gravou uma conversa com o secretário de assuntos jurídicos da Casa Civil, Gustavo Rocha, em que o interlocutor de Calero fala vagamente sobre um “pedido protocolar” a ser feito no Iphan a respeito da situação do apartamento do ex-ministro Geddel Vieira Lima.

“É, eu… eu tô te ligando que… é… eu tô dando entrada com pedido protocolar. Protocolar o recurso lá no Iphan”, disse Rocha, que teve a seguinte resposta do ex-ministro: “tá. Mas eu… eu… eu até falei com o presidente, Gustavo, eu não quero me meter nessa história não”.

Em uma provável referência a Michel Temer, Gustavo Rocha afirma que “o que ele me falou pra… pra falar era, ‘veja se ele encaminha, e não precisa fazer nada, encaminha pra AGU [Advocacia-Geral da União]’. Falou isso comigo ontem, né? Aí eu falei ‘não, eu falo isso com ele’”.

Em depoimento à Polícia Federal, Calero relatou que Temer o orientou “para que construísse uma saída para que o processo fosse encaminhado à AGU, porque a ministra Grace Mendonça teria uma solução”.

Após Rocha mencionar a orientação de remeter o assunto à AGU, Marcelo Calero diz que vai refletir e muda de assunto. “Bom… tá, eu vou… eu vou fazer uma reflexão aqui, Gustavo. Agora mudando de assunto: Ancine. É… eu pedi uma correção pro texto que me chegou hoje de manhã e… eu tô dependendo da velocidade aqui do nosso jurídico…”.

Sobre o Autor:

Estudou em escola pública de Barreiras, Escola Municipal Alferes Cassiano Martins [Macau] e na Escola Estadual winston churchill [Natal], formado em Ciências Econômicas e pós-graduado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, funcionário público.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Fechar