Menu topo

Mais um golpe do governo tampão Temer, desta vez protagonizado pelo Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD. Um saque descarado e descabido, coisa de larápio, uma espécie de Robin Hood da selva de pedra, que rouba do povo para dar aos ricos, inversamente as ações do herói de Sherwood.

Este, certamente após o golpe que destituiu a presidente Dilma, deve sem dúvidas ser o maior dos golpes no bolso do povo brasileiro.

O assalto previsto pelo Segundo o Tribunal de Contas da União, pode chegar a R$ 105 bilhões. Isso faz o prejuízo da Petrobras pelas mãos das empreiteiras e políticos envolvidos na Lava-Jato, de R$ 20 bilhões, parecer fichinha.

Se vira moda, ladrão não será mais preso no Brasil. O segredo para isso é roubar as claras que tudo vai bem, é institucionalizar o roubo, ai vai tudo bem.

Senhores político aprendam como assaltar o patrimônio público sem ser taxado de corrupto ou serem perseguidos pelo Ministério Público. Aprendam com o senhor ministro Gilberto Kassab [PSD], que deverá após a experiência no governo Tampão do Temer, abrir uma consultoria que ensina a saquear cofres legalmente.

O roubo daria para cobrir o rombo de R$ 72,5 bilhões da previdência, pagar quatro anos de Bolsa Família.

O Projeto de Lei da Câmara já foi aprovado sem alarde na Comissão Especial de Desenvolvimento Nacional, semana passada. Já seguiu para Michel Temer sancionar.

Neste momento aonde andam os coxinhas e os mortadelas? Um bando de idiotas, todos induzidos por mídias que defendem seus interesses e não o interesse da nação. Bandos de babacas que vão as ruas com panelas quando não há motivos que justifiquem suas ações, apenas isso. Reforma da previdência, PEC 55 e um monte de outras coisas acontecem quando estes idiotas esperam um cutucão da imprensa, levando-os à ruas por seus interesses de grupos. Idiotas!

Sobre o Autor:

Estudou em escola pública de Barreiras, Escola Municipal Alferes Cassiano Martins [Macau] e na Escola Estadual winston churchill [Natal], formado em Ciências Econômicas e pós-graduado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, funcionário público.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Fechar