Menu topo

fotoA Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) finaliza o cadastramento dos aprovados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) nesta quarta-feira (8). A maior instituição pública de ensino superior do estado dispôs 6.898 vagas para o período letivo de 2017.

O cadastramento é válido para 107 cursos em seis campi da UFRN. Do total de vagas, 3.440 serão ofertadas na ampla concorrência 3.458 pelo sistema de cotas.
Confira o edital de cadastramento na UFRN pelo SiSU 2017.1

Presidentes e corregedores dos TRTs se reúnem em Brasília

A presidente e corregedora do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN), desembargadora Auxiliadora Rodrigues está em Brasília participando da 1ª Reunião Extraordinária do Colégio dos Presidentes e Corregedores dos TRTs (Coleprecor) deste ano.

O desembargador James Magno Araújo Farias (TRT-MA), presidente do Coleprecor, falou da sua alegria de iniciar as reuniões do Colégio em clima de tranquilidade em relação às questões orçamentárias da Justiça do Trabalho, sem a apreensão de cortes, como houve no começo de 2016.

Em seguida, os novos membros do Coleprecor, presidentes e corregedores recém-empossados de quinze TRTs, entre eles o do Rio Grande do Norte, foram foram recebidos pelo colégio.

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), Ives Gandra da Silva Martins Filho saudou os presidentes e corregedores.

Ele também anunciou que a Justiça do Trabalho terá condições de funcionar normalmente em 2017, diferentemente do que ocorreu em 2016, devido aos cortes orçamentários.

“Tivemos a confirmação pela Lei Orçamentária Anual da recomposição dos recursos que serão destinados à Justiça do Trabalho e, assim, com as contas equilibradas, poderemos funcionar com normalidade,” frisou o ministro.

Apesar do cenário positivo, Ives Gandra alertou sobre a possibilidade de contingenciamento pelo Governo Federal ao longo do ano, sujeito a todos os ramos do Judiciário. “Será necessário uma gestão responsável e consciente.”

O ministro Renato de Lacerda Paiva, corregedor do CSJT, também fez um pronunciamento de boas vindas aos desembargadores.

Em seguida, a desembargadora Márcia Lovane Sott sobre o orçamento da Justiça do Trabalho para 2017 e o risco de contingenciamento por parte do Governo Federal.

No período da tarde desta quarta-feira, haverá uma explanação sobre questões envolvendo auditoria do CSJT sobre GECJ, uma exposição sobre a Resolução nº 219/2016 do Conselho Nacional de Justiça, além de uma apresentação do Sistema de Gestão de Pessoas (SIGEP) e do Sistema de Prontuário Eletrônico Médico e Odontológico do TRT da 16ª Região.

Sobre o Autor:

Estudou em escola pública de Barreiras, Escola Municipal Alferes Cassiano Martins [Macau] e na Escola Estadual winston churchill [Natal], formado em Ciências Econômicas e pós-graduado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, funcionário público.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Fechar